Esclarecimento para a futura primeira dama da pedofilia que faz insinuações nas redes sociais ou a quem a carapuça servir

Contra a pessoa do jornalista José Augusto existe apenas acusações sem provas nos autos. Prisão preventiva é inerente a qualquer cidadão que esteja sob investigação. Este é o meu caso do jornalista que irá provar que nada deve. Ele jamais se furtou a comparecer à Justiça para dar prestar esclarecimentos nos processos que responde por conta da profissão. No caso em tela não será diferente.

No entanto, o “namorado”, “namorido” ou “amante” da futura dama da pedofilia foi condenado e está preso para cumprir pena de sentença transitada em julgado por atentado violento contra uma criança de 2 anos. Isso é lamentável, vergonhoso e abominável, senhora futura primeira dama do município. Perdeu uma ótima oportunidade de ficar calada.

Por isso, seu “namorido” pedófilo foi notícia na Folha Pontal do Paraná e nos demais jornais do estado. Ele também ao lado dos principais acusadores é suspeito de comandar uma rede de pedofilia, homofobia e racismo, através do fake Joanita. Precisar dizer algo mais? Além disso, deputados do partido solidariedade que pagaram propaganda eleitoral com dinheiro público da câmara municipal, podem estar por trás do pedido de prisão contra José Augusto. A nota fiscal emitida para a Justiça eleitoral, e outros documentos comprobatórios, será denunciada na Justiça Eleitoral e na imprensa estadual assim que o jornalista se apresentar. Custe o que custar.

Detalhe: O documento de doação sequer foi assinado a fim de prestação de contas. Assim fica fácil jogar bombas em professores e mandar prender jornalista que combate o abominável crime de pedofilia na cidade. ” Nada irá me calar. Terão que me matar”, diz o jornalista que não tem medo da verdade.

Parecer prévio do TCE aponta irregularidades na prestação de contas de 2013 do prefeito Edgar Rossi

aleluia

Conselheiro FERNANDO AUGUSTO MELLO GUIMARÃES, por maioria absoluta: I. expedir parecer prévio recomendando a irregularidade das contas do Sr. Edgar Rossi, como Prefeito de Pontal do Paraná no exercício de 2013, com base no disposto no art. 16, III, “a” e “b”, da LC/PR 113/05, em razão de: “Conta bancária com divergência de saldo não comprovada. (Responsáveis por diferenças em conta bancária a apurar). Imputação de responsabilidade ao gestor por diferenças em contas correntes bancárias. Falta de medidas para regularização de saldos anteriores e ocorrência de incremento no saldo anterior”, “Contas bancárias com saldos a descoberto”, “Falta de repasse de contribuições patronais para o INSS” e “Falta de Repasse de contribuições retidas dos Servidores para o INSS”; II. aplicar ao Sr. Jairo Augusto Parron as seguintes multas administrativas (todas com fulcro na LC/PR 113/05): (a) prevista no art. 87, § 4°, em razão da irregularidade das contas; (b) prevista no art. 87, IV, “g”, em razão de: ‘Falta de repasse de contribuições patronais e retidas dos servidores para o INSS’; III. determinar o encaminhamento dos autos à Diretoria de Protocolo para desentranhamento das Peças 42/49; IV. determinar, após o trânsito em julgado da decisão, sua inclusão nos registros competentes, para fins de execução, na forma da LC/PR 113/05 e do RITCE/PR. Votaram, nos termos acima, os Conselheiros NESTOR BAPTISTA e FERNANDO AUGUSTO MELLO GUIMARÃES. O Auditor THIAGO BARBOSA CORDEIRO não acompanhou a proposta de aplicação de multa (voto vencido). Presente o Procurador do Ministério Público junto ao Tribunal de Contas GABRIEL GUY LÉGER. Sala das Sessões, 20 de maio de 2015 – Sessão nº 17. FERNANDO AUGUSTO MELLO GUIMARÃES Conselheiro Relator NESTOR BAPTISTA Presidente __________________________ 1. Responsável Técnico – Davi Gemael de Alencar Lima (TC 51455-1)

Atletas Pontalenses ganham destaque em Campeonato Paranaense de Taekwondo

A equipe composta por 15 atletas, com idade entre 10 e 13 anos que treinam nos polos municipais de Taekwondo das escolas Ezequiel, Amatuzzi e Primavera, teve grande destaque durante o campeonato.

No último final de semana, a equipe de atletas de Pontal do Paraná representaram o município no 23º Campeonato Paranaense de Taekwondo, na cidade de Londrina.

A equipe composta por 15 atletas, com idade entre 10 e 13 anos que treinam nos polos municipais de Taekwondo das escolas Ezequiel, Amatuzzi e Primavera, teve grande destaque durante o campeonato, e voltou para casa com cinco primeiros lugares.

Confira abaixo o nome dos medalhistas:

Nicolas Azevedo – Campeão Infantil Masculino Amarela – Até 34kg Luta – Vice-Campeão Poonsae

Natally Monsatuski Campeã Infantil Feminino – Campeã Poonsae

Renata Fernandes Santos Campeã Infantil – Feminino Amarela Até 32 Kg – Vice Campeã Poonsae

Melanny Campeã Infantil Amarela Até 42 Kg

Jonas Oliveira Da Costa Campeão Juvenil Masculino Amarela Até 59 Kg

Miqueias Das Neves Vice-Campeão Infantil Masculino Amarela Até 30 Kg

Jonas Oliveira Da Costa Vice-Campeão Infantil Amarela Acima De 52 Kg

João Gustavo Vice Campeão Infantil Masculino Até 38 Kg

Jonathan Oliveira Costa – Vice Campeão Infantil Acima De 52 Kg

Fonte: Secretaria Municipal de Esporte Lazer e Juventude

Assessoria de Imprensa

Prefeitura Do Município de Pontal do Paraná

CAPA

Blog da pedofilia, da corrupção e da mentira procura “pêlo em ovo”…

Banda da pedofilia se alvora contra o jornalista José Augusto

Todas as acusações subjetivas terão as respostas que merecem

Todos os testemunhos forjados, combinados e falsos serão desmascarados perante a Justiça e a sociedade pontalense. Nosso departamento jurídico já está tomando todas as providências cabíveis.

“Eu continuo com a consciência tranquila e defendendo a pena de morte no país para bandidos acusados de pedofilia e ponto”, afirma o jornalista responsável pelo jornal que fala a verdade, doa a quem doer.

Depois de uma vitória épica nas urnas…

…Uma foto histórica é manchada com alguns escândalos e desencontros na atual administração

Alguns pediram a conta, outros saíram e voltaram, além dos que foram mandados embora. Isso sem contar que o vice-prefeito Danilo Garbellotti, mesmo condenado pela Justiça por atentado violento ao pudor contra uma criança de 2 anos, disputou e ganhou a eleição como vice-prefeito de Edgar Rossi sem ou com certidão falsa. Ele foi preso e cumpre a pena  de 6 anos, 4 meses e 11 dias no sistema prisional do estado. A Câmara Municipal, através do Presidente Beto Silva, cassou por oficio o mandato de vice-prefeito de Danillo Garbellotti. O pedido foi do Ministério Publico Eleitoral da Comarca de Matinhos, atendendo recomendação da Justiça Eleitoral, devido a condenação. Alguns dissidentes que aparecem na foto formam grupo para disputar as eleições do próximo ano. Como uma imagem vale por mil palavras, fica para a melhor reflexão…

Municipal de Futebol de Campo – Folha Pontal do Paraná

QUARTAS DE FINAL: Partidas eliminatórias:

 

Chegou o momento da verdade – Campo de Barrancos vai tremer.

 

Domingo 28/06.

 

13 HORAS – PRAIA DE LESTE X GREMIO VILA NOVA

A equipe do capitão Reino enfrenta Gian e cia.

 

15 HORAS – MANGUE SECO X BEIRA RIO

A equipe do capitão Rodrigo x capitão Mico.

https://scontent-gru1-1.xx.fbcdn.net/hphotos-xtp1/v/t1.0-9/10402940_786338058153765_6049333187873044936_n.jpg?oh=3cba4fc6ab9ab42ba92522d65b7a2fa0&oe=56228821

 

Mais um escandalo abala administração do prefeito Edgar Rossi

Club da pedofilia  e da corrupção encomenda suposta testemunha falsa e Justiça decreta prisão preventiva de jornalista José Augusto

Responsável pela publicidade institucional da prefeitura de Pontal do Paraná é acusado, sem provas, de mandar bala no diretor antidrogas do prefeito Edgar Rossi. Por isso, Justiça decretou a prisão preventiva do homem que combate sem medo a pedofilia e a corrupção no município. A verdade sem medo, doa a quem doer!!!

O crime ocorreu a 1 ano e 2 meses. A arma suspostamente usada no crime, segundo inquérito polícial, tem dono, é registrada e não apresentava queixa de roubo. No entanto, apesar da perícia apontar dois crimes sequer o proprietáro foi localizado e ouvido no inquérito. O suspeito de efetuar os disparos foi preso e liberado pela Justiça. Nada disso interessa para os acusadores, pois eles querem é calar o jornalista que apesar de agredido três vezes na cidade por politicos  acusados de corrupção  nunca reagiu e não teria motivos para matar quem quer que seja. Nos autos também não costa a motivação do crime, supostamente encomendado.  A justiça tarda, mas não falha. Advogados trabalham no caso. Quem viver, verá!!!

mandado de prisão colorido 2015-06-27 001

 

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 5.773 outros seguidores