Cidadão: SECRETARIA MUNICIPAL DE RECURSOS NATURAIS PARTICIPA DE REUNIÃO QUE DEFINE DIRETRIZES PARA LIBERAÇÃO DE LICENÇAS PARA ATIVIDADES NA ORLA

No início de fevereiro o secretário Municipal de Recursos Naturais de Pontal do Paraná esteve em uma reunião com o coordenador do Verão Paraná pelo Instituto Ambiental do Paraná (IAP), Doraci Ramos de Oliveira, para tratar das licenças ambientais para prestação de serviços específicos, como vôos de paramotor, entre outras atividades, na região da orla dos municípios litorâneos. Ficou definido que dia 23 de fevereiro eles voltarão a se reunir, para demais tratativas e conclusão quanto as licenças ambientais que poderão ser emitidas pelas Prefeituras para esses prestadores de serviço para o ano de 2017.

Assessoria de Imprensa

Prefeitura do Município de Pontal do Paraná

Cidadão: PONTAL DO PARANÁ RECEBE VISITA DE COMITIVA DE SECRETARIA ESTADUAL

Além de avaliar canais de drenagem do município Secretário Estadual de Meio Ambiente conhece a passarela elevada

Na semana passada o prefeito de Pontal do Paraná, Edgar Rossi, juntamente com os secretários de Recursos Naturais, Fernando Marzo, e Habitação e Assuntos Fundiários, Luiz Kresinski, recepcionaram a comitiva da Secretaria do Meio Ambiente e Recursos Hídricos do Paraná, que esteve em Pontal do Paraná para uma visita técnica, em especial as regiões que sofrem com os alagamentos provocados pelas chuvas.

Um dos objetivos da visita foi avaliar os canais de drenagem que cortam o município e o que deve ser feito para amenizar os impactos da cheia e a proliferação do Aedes aegypti, prevenindo as doenças transmitidas pelo mosquito.

Além da identificação dos locais atingidos pelas chuvas, o secretário Ricardo Soavinski juntamente com coordenadores e técnicos da SEMA também tiveram a oportunidade de conhecer a passarela elevada localizada no Balneário Patrick, que foi doada ao município no mês de janeiro, por um empresário mato-grossense, investidor local. De acordo com o secretário Soavinski a passarela ficou ótima, e não agride o meio ambiente, ao contrário, ela auxilia na regeneração natural da restinga.

Assessoria de Imprensa

Prefeitura do Município de Pontal do Paraná

Janela política movimenta partidos e parlamentares em Pontal do Paraná nesta sexta-feira, dia 12

Por isso e diante os rumores de que haveria uma debandada, especialmente de vereadores, do Solidariedade, o Presidente Estadual da Legenda, o deputado Federal Fernando Francischini, acompanhado do seu filho, o deputado estadual Felipe Francischini, estará nesta sexta-feira, dia 12, em Pontal do Paraná. Pai e filho deputados terão uma serie de compromissos políticos na cidade praiana. De acordo com o Presidente Municipal do Solidariedade, o vereador Beto Silva (licenciado), atual secretário municipal de esportes, dentre  os assuntos a serem tratados com a Executiva Municipal, filiados, simpatizantes e vereadores será a organização do partido SD-77 em relação as eleições de outubro. O local da reunião e o horário não foram divulgados. De acordo com informações, tem gente roendo a corda. Então, é chegada a “hora da onça beber água”. Quem viver, verá!!!

ELEIÇÕES/2016

PSL de Pontal do Paraná tem nova Comissão Executiva Municipal

Alessandro Lopes e o novo Presidente. Ele diz que o partido irá disputar as eleições de outubro com chapa completa na proporcional. Confira os novos membros da direção municipal. Parabéns e boa sorte!!!

Prefeitura de Pontal continua fechada após a folia e só abre na segunda

 Prefeitura só abre ao público, de fato,  na Segunda-feira, dia 15

Comunicado oficial divulgado na imprensa estava furado

Por isso, prazo para pagamentos de taxas foram prorrogados para a próxima segunda-feira, dia 15. 

PORTO PONTAL

A cada nova eleição, um Porto é Construído em Pontal ???

Em 2000, na campanha do ex-prefeito Zé do Pontal, ele anunciou um Porto com os Paraguaios e outro com os Portugueses. Depois foi a vez do ex-prefeito Gimenes e agora é o atual Edgar Rossi na corrida pela reeleição. Ah se o segundo melhor calado do mundo de Pontal do Sul falace. Falar ele não fala, a Folha Pontal também não, mas explica tudo bem explicadinho.

Em 2004, o ex-prefeito Gimenes prometeu um Porto com o Eduardo Requião e na reeleição, em 2008, prometeu outro com o João Carlos Ribeiro. Na eleição passada foi a vez do prefeito Edgar Rossi, outra vez a história Porto Pontal do João Carlos Ribeiro, mas nada até hoje.
De 2000 para cá, foram 5 Portos e 13 anos de pura falácia para não dizer mentiras dessa turminha da nossa desmoralizada política. Agora, em ano eleitoral, de novo, voltam as notícias do Porto Pontal com a dupla Rossi & Ribeiro (Vejam que, na foto, as camisinhas deles combinam até na cor)
Enquanto isso, o povo fica a ver navios. Porém, nos Portos de Paranaguá e Antonina. João Carlos Ribeiro finge que constrói o Porto e planta notícias na imprensa e o povo pontalense finge que lê e acredita na novela do Porto Pontal, em ano eleitoral. Engana que o povo gosta. Confira!!!

Deu no Site no Litoralprnews  e na Gazeta do Povo

PORTO PONTAL SAI DO PAPEL : Governo Federal vai criar nova Poligonal

Conforme o Portal www.litoralprnews.com.br havia noticiado há quinze dias atrás, que o Prefeito Edgar Rossi, estaria em Brasília, no Ministérios dos Portos e em audiência com a Ministra do STF, relatora do mandado de segurança impetrado pelo Porto Pontal, contra a Poligonal que impedia o início da instalação do Porto Pontal, através de liminar.
Os assuntos tratados em Brasília pela comitiva Paranaense, foram satisfatórios e a promessa de que novidades surgiriam em até 30 dias.
O Governo Federal, vai editar por decreto a criação de uma nova Poligonal a qual vai permitir a instalação do Porto Pontal.
O Prefeito Edgar Rossi, esteve na tarde de hoje em reunião com o Empresário João Carlos Ribeiro, que espera em 30 dias dar início as obras do canteiro do Porto Pontal, contratando de imediato 300 pessoas.

LEIA NA INTEGRA MATÉRIA GAZETA DO POVO
Depois de quase seis meses do adiamento das últimas audiências públicas para revisão das poligonais dos portos públicos de Antonina e Paranaguá, o governo federal decidiu editar um decreto para excluir as áreas privadas da área de abrangência de Paranaguá. A Secretaria de Portos (SEP) encaminhou o projeto de decreto à Casa Civil com a nova poligonal para destravar os projetos de terminais privados no litoral paranaense.
A decisão do ministro Helder Barbalho foi endossada por um encontro, realizado na quinta-feira (4) em Brasília, que reuniu representantes dos trabalhadores, dos portos privados, da Appa, além dos senadores Roberto Requião (PMDB) e Gleisi Hoffmann (PT) e do deputado Ricardo Barros (PP). No encontro, foi selado um acordo para garantir direitos dos trabalhadores por meio da assinatura de um termo de compromisso.
Veja também
As dez cidades do Paraná campeãs da exportação em 2015
Porto de Paranaguá divulga recorde de exportação em 2015
Paraná tem R$ 1,1 bilhão em projetos portuários
Uma batalha judicial vinha sendo travada para alteração do traçado da poligonal do Porto de Paranaguá desde 2014, quando a primeira consulta pública foi aberta. A ação sofreu com sete liminares que suspenderam o processo, posteriormente revogado pela própria SEP.
Na rabeira
Paranaguá é um dos últimos portos públicos do país a revisar a área de sua poligonal, obrigação presente na nova Lei dos Portos. A poligonal é a área de abrangência de um porto público, normalmente maior do que o espaço efetivamente ocupado por ele. Engloba, além do cais, os terrenos destinados à atividade portuária, onde ficam depósitos e escritórios. E também áreas para eventual expansão. As companhias que operam dentro da poligonal têm de se submeter a diversas regras, como a contratação de mão de obra de estivadores avulsos.
O órgão então abriu uma nova consulta em julho do ano passado que também foi alvo de três ações. A nova Lei dos Portos exigia a revisão das poligonais, não previa a necessidade de consultas públicas para a definição das áreas. Apesar disso, o governo federal havia feito inicialmente a escolha pelas audiências de consulta popular.
Arquimedes Anastacio, presidente da Associação Comercial, Industrial e Agrícola de Paranaguá (Aciap), autora de uma das liminares suspendendo a consulta pública, confirmou o acordo entre trabalhadores, empresários e governo. “Foi acordado que os trabalhadores já sindicalizados tenham prioridade na chamada para os terminais privados. Isso garante que os salários terão de ser cumpridos pela tabela do sindicato”, diz.
A atual poligonal do Porto de Paranaguá engloba as áreas da Ilha do Mel e também do município de Pontal do Paraná, onde há a previsão de implantação de pelo menos dois terminais de uso privado.
Segundo Luiz Henrique Dividino, diretor-presidente da Appa, três empresas manifestaram oficialmente interesse de investir na região, além do Porto Pontal, empreendimento da JCR Participações. São eles: o Novo Porto, projeto da família Cattalini; o Terlip, da Triunfo Participações e Investimentos e outro empreendimento no município de Pontal do Paraná. “A SEP está cumprindo a lei, que diz que as poligonais devem separar as áreas públicas das privadas”, diz Dividino.

MAIS AGILIDADE

Com nova tecnologia do Lacen, Paraná confirma 25 casos de zika

O novo informe técnico divulgado nesta quarta-feira (10) pela Secretaria de Estado da Saúde apresenta 25 casos de zika vírus confirmados no Paraná. O aumento das confirmações é resultado dos novos testes utilizados desde o início de fevereiro pelo Laboratório Central do Estado (Lacen-Pr).

Dos 25 casos, onze são importados e três autóctones, contraídos no próprio município. Dois casos são de Colorado, região noroeste do Paraná, e um de Londrina, no norte do Estado. Os outros 11 casos estão em investigação para determinar a origem da doença, se importada ou autóctone.

“A partir da confirmação dos novos casos de zika no Paraná, o Estado amplia a investigação para determinar se há registros de infecção em gestantes, qual a procedência dessas pessoas e se há necessidade de monitoramento pelas equipes de saúde”, explica a superintendente de Vigilância em Saúde, Cleide Oliveira.

CHIKUNGUNYA – Os mesmos exames também possibilitaram a ampliação no número de confirmações de chikungunya no Estado. Agora são 11 casos neste período epidemiológico. Apenas um deles é autóctone, contraído no município de Mandaguari, na regional de Maringá.

DENGUE – O número de casos de dengue confirmados no Paraná subiu para 4.806, sendo 586 importados de outras localidades. Em 182 municípios já foram confirmados casos da doença. O número de cidades em epidemia também aumentou, passando de 11 para 14.

As cidades de Santa Terezinha de Itaipu, Tapira e Rolândia estão em situação epidêmica, assim como Rancho Alegre, Munhoz de Mello, Assaí, Paranaguá, Santo Antônio do Paraíso, Cambará, Santa Isabel do Ivaí, Itambaracá, Nova Aliança do Ivaí, Mamborê e Guaraci.

ÓBITOS – A Secretaria da Saúde confirmou uma nova morte por dengue, ocorrida em Curitiba. O cidadão de 65 anos havia viajado para o Paraguai. O atual período epidemiológico já totaliza seis mortes por dengue no Estado – quatro em Paranaguá e uma em Foz do Iguaçu. Outros nove casos ainda estão em investigação.
Fêmeas do Aedes aegypti transmitem doenças como dengue e zika por meio da picada em seres humanos. Crédito: Divulgação / Portal Brasil

Prefeitura de Pontal continua fechada após a folia

Prefeitura só abre na sexta, conforme comunicado oficial divulgado ontem a tarde na mídia

Por isso, prazo para pagamentos de taxas foram prorrogados. Confira!!!!

Comunicado Oficial da Prefeitura de Pontal do Paraná

Tendo em vista a substituição de todo sistema de informática do órgão , inclusive com novo software. A Prefeitura estará fechada nesta quarta e quinta feira, para atendimento ao público.
Por estes motivos o prazo para os pagamentos de Alvarás do Comércio, fica prorrogado até o dia 15 de Fevereiro ou seja próxima segunda feira.

OPERAÇÃO CARNAVAL

Polícia registra 127 acidentes e sete mortes nas rodovias estaduais

Durante a Operação Carnaval – iniciada na sexta (05) e encerrada na manhã desta quarta-feira (10) – foram registrados 127 acidentes, com 129 feridos e sete mortes nos cerca de 12 mil quilômetros de rodovias estaduais do Paraná.

Neste período, o Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv) reforçou o policiamento, com prioridade para a prevenção de acidentes e infrações, como excesso de velocidade, embriaguez ao volante e ultrapassagem em locais proibidos. Além das ações de fiscalização, os policiais entregara material educativo aos motoristas.

Dos acidentes registrados no Estado, 16 aconteceram no Litoral. De acordo com balanço da Polícia Rodoviária Estadual, houve ainda três atropelamentos, seis prisões por embriaguez ao volante, 161 veículos retidos por irregularidades e ou pendências administrativas, além de 2.112 autuações de trânsito, 8.964 imagens por radar e a realização de 2.335 exames etilométricos (com o uso do bafômetro).

Na Operação Carnaval de 2015, foram registrados 127 acidentes de trânsito, com quatro mortes e 130 pessoas feridas. Foram quatro atropelamentos, 1.431 testes etilômétricos, 15 prisões por embriaguez ao volante, 136 veículos retidos, 1.798 imagens por radar e 1.627 autuações de trânsito.

“Sobre o aumento das mortes, é preciso destacar que somente um acidente ocasionou três óbitos, o que contribuiu consideravelmente para o aumento no índice”, ressalta o capitão do Batalhão de Polícia Rodoviária Cristiano Carrijo Gonçalves Mota. “Reforçamos as atividades educativas nos Postos Rodoviários com a distribuição de folders e materiais para conscientizar os condutores e passageiros sobre a importância do respeito à sinalização e à legislação de trânsito”, destacou.

O capitão reforça que as pessoas que ainda vão retornar para suas cidades de origem devem redobrar o cuidado na estrada. “Os motoristas devem trafegar com atenção redobrada. Na pressa de voltar para casa, muitos se descuidam se envolvem em acidentes”, salientou.

Ele alerta que a situação que mais mata no trânsito é a colisão frontal. Das sete mortes que aconteceram nas estradas neste Carnaval, quatro ocorreram neste tipo de acidente.

LITORAL – Somente no Litoral Paranaense os policiais rodoviários atenderam 16 acidentes, com 11 feridos. Foram realizados 327 testes etilômétricos, quatro prisões por embriaguez ao volante, 84 autuações gerais e registradas 1.707 imagens por radar. No Carnaval do ano passado, houve 11 acidentes na região, com oito pessoas feridas. Foram 128 testes com etilômetros, duas pessoas presas por dirigirem embriagadas, 149 autuações de trânsito e 506 imagens por radar.

De acordo com o capitão Carrijo, a imprudência, o consumo de bebidas alcoólicas antes de dirigir, o excesso de velocidade, a ultrapassagem em local proibido e o desrespeito às leis de trânsito são os principais fatores que causam acidentes com mortes.

“Por isso, o Batalhão de Polícia Rodoviária intensificou a ação preventiva com radares móveis em pontos visíveis e fez testes com bafômetros em diversos pontos. No Litoral, por exemplo, reforçamos as ações nas proximidades dos pontos entrada e saída dos eventos e bailes de Carnaval, explica.

Polícia Rodoviária Estadual divulga balanço de carnaval nas estradas do Paraná. Curitiba, 10/02/2016. Foto: Polícia Rodoviária PMPR

NOTA DE FALECIMENTO

É com pesar que noticiamos o falecimento de Adhemar Machado, funcionário público da prefeitura de Pontal do Paraná. Ele lutava contra um câncer e morreu nesta quarta-feira de cinzas, dia 10, em Curitiba, onde estava em tratamento. Deixa esposa e filhos. De acordo com informações de familiares, o velório será realizado no cemitério do Orleans a partir das 22h0, situado na Rua prof João Falarz 220, Cidade Industrial. À família enlutada, as nossas condolências.

Foto: perfil do facebook

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 4.889 outros seguidores