Plantão de Notícias

Ki-suco ferveu para Jornalista que mais defendeu a verdade sobre o concurso público mais furado do mundo

Abaixo a denúncia feita ao Ministério Público, recheada de irregularidades. Isso sem contar que o Instituto Saber contabiliza inúmeras denúncias pelo estado a fora. Vale destacar que as últimas decisões nada tem a ver com essa grave denúncia que é investigada pelo Ministério Público da Comarca a passos de cágados. Para piorar a situação, parte da documentação sumiu, misteriosamente, da prefeitura na gestão anterior. E, agora?
Nenhum texto alternativo automático disponível.Nenhum texto alternativo automático disponível.A imagem pode conter: textoA imagem pode conter: textoNenhum texto alternativo automático disponível.A imagem pode conter: textoA imagem pode conter: textoNenhum texto alternativo automático disponível.

Em tempos de crise, servidores municipais choram pelo emprego num dia, mas faltam ao trabalho no outro. O ato pode até ser legal , mas é imoral!!!

Afinal, a Constituição que garante direitos é a mesma que prevê deveres. Eu falo a verdade nua e crua e doa a quem doer. A juíza da Comarca se preocupou com a grave situação de todos os servidores ontem. Ela trabalhou até depois do expediente para por fim ao impasse que foi amplamente divulgado pela imprensa. Mas o Sinpontal se fez de desentendido e incitou a “greve” para o dia de hoje, sexta feira (31) que seria um dia de trabalho normal.  A decisão da Justiça saiu na quinta-feira, dia 30, mas foi desconsiderada pelo Sindicato da Categoria que queria apenas baderna, pois sequer pauta de reivindicação possuía. Então, nenhum motim, protesto, greve ou coisa que o valha Justificaria tal atitude. Querer o emprego e lutar por ele é um direito sagrado de todos. Mas depois de conseguir permanecer no emprego, resolver faltar ao trabalho no dia seguinte é uma aberração. Isso é uma falta de respeito com a Justiça que lhe foi favorável, bem como com o Poder Público Municipal e, princialmente, com a sociedade que é que lhe pagam em dia os sagrados salários de cada mês e ficou sem os serviços essências. E digo mais, os servidores hoje foram usados como massa de manobra para pedirem a cabeça de um secretário que é o que mais lutou pela categoria, pagando retroativo, promoção e progressão, especialmente para os faltosos da área da educação infantil.
Para finalizar o assunto, é bom lembrar que todos esses servidores estão no estágio probatório e quem incitou eles a pararem hoje, sabe o risco e as consequências que todos ainda correm. Então, quer dizer que ontem, lutaram por seus respectivos empregos e hoje foram a prefeitura para pedir que outra pessoa fosse mandada embora, mesmo tendo feito a denúncia com fundamento na Lei Vigente.  Isso é nojento, asqueroso e digno de repúdio.
Quem avisa amigo é. Um abraços as minhas fãs revoltadas e que me taxaram de mentiroso. A vasta documentação acostada junto ao Ministério comprova que o concurso público 01/2015 é um fraude pura e que o Instituto Saber que realizou o referido concurso é o mais corrupto do estado. Por onde passou acumulou denuncias e cometeu fraudes. Por isso, pode ser anulado a qualquer momento. Quem viver, verá!!!

Instituto Saber é mais “Sujo Que Pau de Galinheiro”

A imagem pode conter: texto

A imagem pode conter: textoA imagem pode conter: 1 pessoa, textoA imagem pode conter: textoA imagem pode conter: textoNenhum texto alternativo automático disponível.A imagem pode conter: textoNenhum texto alternativo automático disponível.A imagem pode conter: texto

Nenhum texto alternativo automático disponível.Nenhum texto alternativo automático disponível.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: