Arquivos de Categoria: FOLHA PONTAL

Morre ex-primeira Dama do Brasil

A ex-primeira-dama Marisa Letícia Lula da Silva, 66 anos, teve morte cerebral hoje (2). Ela esteva internada na unidade de terapia intensiva (UTI) do Hospital Sírio-Libanês desde o dia 24 de janeiro.

A família do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva anunciou que autorizou os procedimentos preparativos para a doação dos órgãos.

A Câmara dos Deputados fez um minuto de silêncio em homenagem a ex-primeira-dama, após anúncio da deputada Benedita da Silva (PT-RJ).

Marisa Letícia entrou em coma ontem à tarde e à noite a equipe médica informou que o quadro de saúde dele era “irreversível”.

Dona Marisa Letícia vinha sofrendo nos últimos meses com a perseguição da força-tarefa Lava Jato a Lula e seus filhos.

A seguir, leia a nota do Instituto Lula:

“A família Lula da Silva agradece todas as manifestações de carinho e solidariedade recebidas nesses últimos 10 dias pela recuperação da ex-primeira-dama Dona Marisa Letícia Lula da Silva. A família autorizou os procedimentos preparativos para a doação dos órgãos.”

Informe Publicitário

A imagem pode conter: 8 pessoas, pessoas sentadas e área internaAudiência Pública para Elaboração do Plano Plurianual de Pontal do Paraná

Segunda audiência acontecerá no dia oito de fevereiro no miniauditório do Primavera

 
O município de Pontal do Paraná, por meio da Secretaria Municipal de Planejamento, realizou no último dia 25, no miniauditorio Primavera, a primeira das três audiências públicas para elaboração do plano plurianual (PPA).
 
O PPA é um plano de médio prazo que estabelece as diretrizes, objetivos e metas financeiras a serem seguidos pelo Governo Municipal ao longo dos próximos quatro anos, no caso 2018 a 2021, e está previsto na Constituição Federal, Lei de Responsabilidade Fiscal e Estatuto das Cidades.
 
Esse plano tem vigência do segundo ano do atual mandato até o final do primeiro ano do mandato seguinte, e prevê a atuação do Governo, durante o período mencionado, em projetos e programas de duração continuados já instituídos ou a instituir no médio prazo.
 
A elaboração do PPA de Pontal do Paraná será realizada em três audiências púbicas. A primeira apresentação aconteceu no dia 25 de janeiro, a segunda acontecerá no dia oito de feveiro, sendo finalizada no dia 15, do mesmo mês, no miniauditório do Primavera, sempre às 15h.
 
Serviço:
 
2ª Audiência Pública para elaboração do Plano plurianual (PPA)
 
Dia: 08/02/2017
 
Horário: 15h
 
Local: Miniauditório Primavera (Av. Tom Jobim – s/nº – Balneário Primavera)

Sanepar Verão Paraná – Informe 13

A imagem pode conter: 2 pessoas, pessoas em pé e atividades ao ar livreLITORAL –

Dois mil atletas participam da Corrida “Circuito das Águas 2017 – Etapa Litoral”

 
A 1.ª Corrida “Circuito das Águas 2017” reuniu cerca de dois mil atletas na Etapa Litoral, realizada neste domingo (22/01), em Matinhos. Entre eles, estavam o leiturista da Sanepar, Claudio Souza, com a esposa Juliana e, no carrinho, o filho Benjamim, de apenas um ano de idade. “Precisamos ter tempo para a saúde e para a família. Fico satisfeito de poder conciliar as duas coisas nesta prova promovida pela empresa em que eu trabalho”, diz Claudio, que está na Sanepar há quatro anos e é corredor de rua há 14.
 
A atividade faz parte das comemorações dos 54 anos da Companhia de Saneamento do Paraná (Sanepar). “O aniversário da Sanepar precisava reunir a comunidade para celebrar a saúde e a qualidade de vida, afinal esta é a meta de uma empresa que atua 24 horas por dia para entregar água tratada, de qualidade”, disse o presidente da Sanepar, Mounir Chaowiche.
 
Com largada na Praça Dante Luiz Júnior, às 7h30, a prova previa as modalidades de 12 km, 6 km ou 3 km. Homens e mulheres, profissionais, amadores ou apreciadores da corrida de rua ainda podiam optar pelas categorias comunidade, militares ou saneparianos, com divisão de inscrições por faixa etária. A classificação da prova, realizada através de sistema eletrônico de cronometragem, está disponível no site: www.eliteeventos.com. A premiação incluía troféus, medalhas, tênis e valores em dinheiro.
 
A 1.ª Corrida “Circuito das Águas 2017” foi realizada em parceria com o Provopar, com organização da Elite Eventos Esportivos. Entre as autoridades presentes, estiveram a presidente do Provopar Estadual, Carlise Kwiatkowski, o gerente da Caixa Econômica Federal, Mario das Chagas Lima, o prefeito de Matinhos, Ruy Hauer, e o gerente da Sanepar no Litoral, Arilson Mendes. Eles participaram da entrega das premiações.
 

Plantão de Notícias

ENCONTRO

Litoral recebe investimentos durante todo o ano, afirma governador

A imagem pode conter: 4 pessoas, pessoas sentadas, tabela e área internaOuvir as demandas e reafirmar o compromisso do Estado com os municípios do Litoral. Foram estes os principais objetivos da reunião entre o governador Beto Richa e os sete prefeitos do Litoral do Paraná que aconteceu nesta quinta-feira (19), em Matinhos. Como tem feito em todas as regiões do Estado, Richa foi ouvir as necessidades dos gestores para aprimorar as ações promovidas pelo Governo.

“Temos realizado sistematicamente encontros com os prefeitos de todo o Paraná. Estes momentos servem para reafirmar o caráter municipalista do nosso governo. Entendemos que as pessoas vivem nas cidades, portanto são nas cidades que devemos investir para garantir mais qualidade de vida para todos os paranaenses”, disse Richa.

O governador ressaltou que as ações que vêm sendo tomadas pelo Governo corroboram o compromisso do Paraná em melhorar a condição das prefeituras do Estado. Uma das medidas destacadas pelo governador foi a distribuição de R$ 430 milhões, referentes à cota extra de ICMS realizada no início da semana, aos municípios do Estado que estão conseguindo ajustar as finanças.

“Todos reconhecem que este é o período em que os municípios do Litoral mais receberam investimentos em todas as áreas da administração. Num momento em que o país vive uma crise profunda, estamos reajustando nossas contas, realizando investimentos e dando bons exemplos para o Brasil”, disse

PRIORIDADE – O governador afirmou que o Litoral tem sido prioridade em sua gestão. As melhorias que estão sendo realizadas na região estão garantindo melhoria na qualidade de vida da população de forma permanente, não apenas em período de temporada. Na semana passada, foram entregues obras de esgoto que beneficiam seis mil famílias do Litoral. A cobertura de saneamento de Matinhos vai pular de 52% para 85% da população, e a de Pontal vai triplicar, de 26% para 75%. Desde 2011, os investimentos da Sanepar no litoral passam dos R$ 800 milhões.

Na área da segurança, os investimentos também são expressivos. Só na construção da Delegacia Cidadã de Matinhos, que será referência na qualidade do atendimento, estão sendo investidos R$ 4,5 milhões. A delegacia deve ser entregue até junho deste ano. Houve também reforço no contingente de policiais militares. O 9º Batalhão da PM (Paranaguá) formou recentemente 41 novos soldados. Para esta temporada, o Governo alugou 50 viaturas para reforçar o patrulhamento na Operação Verão.

PEDIDOS – Os prefeitos dos sete municípios do litoral aproveitaram para discutir com o governador as prioridades de cada região. De acordo com o prefeito de Pontal do Paraná, Marcos Fioravante, os projetos futuros do município devem priorizar melhorias na orla.

“Neste governo, já ganhamos uma ambulância, o repasse da cota extra de ICMS no valor de quase R$ 200 mil e hoje tivemos a oportunidade de discutir outras prioridades. O governador está nos ajudando a desenvolver o litoral paranaense de forma permanente”, disse.

O prefeito de Matinhos, Ruy Hauer, disse que os prefeitos eleitos estão unidos  em prol de um litoral melhor para todos. “Essa reunião nos deixa ainda mais contentes porque temos o compromisso do governador em fazer ainda mais pela nossa região. Temos um excelente administrador que fez do Paraná o melhor estado do Brasil”, disse.

O prefeito de Morretes, Osmair Costa Coelho, além de apresentar pedidos de investimentos para o município, ressaltou que o repasse do ICMS chegou em boa hora em Morretes. “Assim que assumi, tive que usar o pouco dinheiro que restava em caixa para pagar os funcionários. Com este dinheiro extra, poderemos investir em limpeza pública, já que a cidade estava abandonada”, disse.

Marcelo Roque, prefeito eleito de Paranaguá, ressaltou a importância da obra de revitalizado do entorno do Aquário da cidade que será realizada com recursos estaduais. “A obra deve começar no final de janeiro. Serão quase R$ 10 milhões para revitalizar a área. Teremos um novo mercado de peixe, uma estação náutica com trapiche, tudo isso para atender melhor quem visita o nosso município”, disse.

Os prefeitos de Guaratuba, Roberto Justus; de Guaraqueçaba, Lilian Ramos Narloch e de Antonina, José Paulo Vieira Azim também estiveram presentes.

PRESENÇAS – Participaram da solenidade o secretario de Infraestrutura e Logística, José Richa Filho; o secretário de Meio Ambiente e Recursos Hídricos, Antônio Carlos Bonetti; o presidente do IAP, Tarcisio Mossato Pinto; o chefe da Casa Civil, Valdir Rossoni; o chefe da Casa Militar, coronel Adilson Castilho Casitas; o presidente da Sanepar, Mounir Chaowiche; o diretor-presidente dos portos do Paraná, Luiz Henrique Dividino; o diretor do Instituto das Águas do Paraná, Emerson Roberto Leska; os deputados estaduais Luiz Cláudio Romanelli, Alexandre Curi e Mara Lima, e o prefeito de Guaratuba, Roberto Justus.

BOX

Governo do Paraná prioriza investimentos em saúde e educação no Litoral

Desde 2011, o Governo do Paraná já investiu R$ 16 milhões em ações de saúde no Litoral, sem contar as 22 ambulâncias entregues para os sete municípios da região. Destes recursos, R$ 8,8 milhões foram destinados para o combate à dengue em Paranaguá. Também no município, oito unidades de saúde foram reformadas ou construídas, totalizando investimento de R$ 2,2 milhões.

O Hospital Regional de Paranaguá, que atende pacientes de todo o Litoral, recebeu R$ 5 milhões para a construção do novo prédio administrativo e do refeitório dos funcionários. O prédio que servia de sede para o setor administrativo agora está sendo reformado para receber a maternidade do hospital. São 1.200 metro quadrados de área, que receberão equipamentos modernos e que deve entrar em funcionamento no segundo semestre de 2017.

EDUCAÇÃO – 28 escolas do Litoral foram incluídas no programa Escola 1000. Criado em setembro do ano passado, o projeto vai destinar R$ 100 milhões para mil escolas da rede pública estadual realizarem obras de reformas e melhorias. As escolas do Litoral que integram o programa receberão R$ 2,8 milhões.

Em 2016, o Governo do Estado repassou outros R$ 1,7 milhão para a compra de 275 toneladas de alimentos de qualidade para a merenda escolar. Para o transporte dos estudantes, foram investidos R$ 3,5 milhões de verbas estaduais.

DESENVOLVIMENTO – No que se refere às obras de desenvolvimento urbano, o Estado já destinou R$ 57 milhões aos municípios litorâneos, desde 2011. Os recursos estão sendo utilizados para a realização de obras e serviços no Litoral, como a pavimentação e recape de ruas, calçadas, revitalização da orla de Matinhos, Guaratuba e Pontal e inauguração do ginásio Cascatão, em Matinhos.

Histórico

Richa assina Plano Diretor de Pontal do Paraná, no Litoral

O governador Beto Richa assinou nesta quinta-feira (19) o decreto que ratifica o Plano Diretor Municipal (PDM) de Pontal do Paraná, no Litoral do Estado. O documento ordena o crescimento do município e garante o desenvolvimento econômico com sustentabilidade era buscado há quase duas décadas e teve várias versões anteriores. No Litoral, Guaratuba e Matinhos já tiveram seus planos diretores aprovados em 2014.

“Há cerca 20 anos Pontal do Paraná busca a elaboração de um Plano Diretor, com várias versões até esta, que foi aprovada. Com a regulamentação do uso e ocupação do solo, o Plano Diretor permite mais desenvolvimento econômico para a região, harmonizando também com o meio ambiente”, disse o governador na solenidade, junto com o prefeito Marcos Fioravante e com a presença da comunidade, empresários, deputados estaduais e prefeitos da região.

Richa ressaltou que o PDM garante segurança jurídica aos investidores, o que pode estimular novos empreendimentos para Pontal do Paraná, e que também ajuda a combater e proibir os empreendimentos clandestinos. “Os benefícios do Plano Diretor que assinamos neste momento são imensuráveis. Certamente é uma grande conquista para o desenvolvimento de Pontal do Paraná”, afirmou Richa.

Hoje, cerca de 20% dos imóveis de Pontal do Paraná são irregulares, o que traz prejuízos para a prefeitura e, consequentemente, para o meio ambiente. O PDM de Pontal do Paraná começou a ser discutido em 1998. O novo documento foi homologado pelo Conselho de Desenvolvimento Territorial do Litoral do Paraná (Colit), em dezembro de 2016.

Na reunião de dezembro de 2016, o Colit apontou algumas questões que precisariam ser alteradas no documento, principalmente as referentes às áreas ocupadas, que estavam em desacordo com a Lei de Zoneamento. Quando todas as recomendações ficaram acertadas, o Plano Diretor foi aprovado pelo Conselho e pela Câmara Municipal de Pontal do Paraná.

UM SONHO – O prefeito Marcos Fioravante ressaltou a importância do Plano Diretor para o município e o apoio do Governo do Estado para a elaboração e encaminhamento do documento. “É tudo o que precisamos para o nosso desenvolvimento, não é de hoje que estávamos tentando conseguir”, disse Fioravante. “É um sonho, como prefeito e morador, estar presente nesse ato tão esperado pelo município. Em Pontal do Paraná a questão ambiental é muito forte e, com o plano, a gente começa a trabalhar com mais segurança, tranquilidade e certeza. O leme está certinho e o barco na direção certa”, afirmou. “Percebo que o governo estadual quer ajudar e os prefeitos têm de aproveitar essa oportunidade”, disse ele.

O secretário estadual do Meio Ambiente e Recursos Hídricos, Antônio Carlos Boneti, lembrou que com PDM é possível ao município fazer o controle social. “A partir do Plano Diretor há uma referência, se for necessário, a sociedade e as autoridades fazem a revisão, que está prevista em lei, e automaticamente o controle sera maior e os danos ambientais diminuem muito, porque há diretrizes e parâmetros para que a fiscalização aumente”, disse.

MAIOR GANHO – Para o diretor-geral da Secretaria Municipal de Recursos Naturais, Ricardo Aguiar, o Plano Diretor é o maior ganho de Pontal do Paraná nos últimos. “Hoje é um dia histórico para a nossa cidade, porque a partir de agora temos ordenamento, poderemos crescer, respeitando o meio ambiente, as comunidades e todo o povo de Pontal, o turismo e os turistas”, disse Aguiar.

Ele lembrou que o documento obedece o Estatuto das Cidades e tem revisão de dois em dois anos. “O governador Beto Richa, com a força do Governo do Estado, nos garantiu estar aqui comemorando este fato. Sem o governo, o município não teria estrutura técnica e financeira para a elaboração deste plano, que talvez seja o mais moderno do País”, afirmou Aguiar.

A participação do Governo do Estado foi ressaltada, também, pelo ex-secretário municipal de Habitação e Assuntos Fundiários de Pontal do Paraná e um dos responsáveis pela elaboração do plano, Luiz Carlos krezinski. “O Governo do Estado foi decisivo, porque em uma das dificuldades que tínhamos, o Estado supriu fazendo o Zoneamento Ecológico Econômico do Estado do Paraná, que definiu o que seria área para poder o usar e o que seria para ser preservada. Tivemos também um problema com a demarcação de uma área da Funai, por exemplo, mas o próprio Estado fez a defesa do município”, disse ele.

LEI – De acordo com a Lei Federal 10.257, de 2001, todos os municípios com mais de 20 mil habitantes precisam ter planos diretores. O Paraná, no entanto, exige que todos os municípios do Estado, independente da população, tenham seus planos diretores. “Essa é a melhor forma de o município ter acesso aos recursos financeiros disponibilizados pelos estados”, diz Carlos Augusto Storer, geógrafo da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Urbano do Paraná .

O Paraná é protagonista no Brasil, sendo um dos estados com o maior número de municípios com planos diretores, de acordo com o estudo Perfil dos Municípios Brasileiros, do IBGE, publicado em 2013. Dos 399 municípios, apenas 16 não possuem Planos Diretores. Dos 16 municípios que ainda não têm Planos Diretores, oito não tinham condições financeiras de preparar os documentos. O governador Beto Richa e o secretário do Desenvolvimento Urbano, Ratinho Junior, estabeleceram estudos para dar condições de igualdade a eles para que pudessem ter o seu Plano Diretor, como exige o Estatuto da Cidade.

A cada um desses oito municípios foi autorizado que licitassem no limite de até R$ 50 mil para que fizessem o seu Plano Diretor. Dos oito municípios, um deles rescindiu o contrato e ficou fora: Jundiaí do Sul. Os demais municípios que receberam apoio são Bom Jesus do Sul, Corumbataí do Sul, Itaperuçu, Jaboti, Presidente Castelo Branco, Rio Branco do Ivaí, Salto do Itararé. Dos 16, oito elaboram o Plano Diretor por conta própria: Marilândia do Sul; Palmeira; Pérola D’Oeste; Primeiro de Maio; Salgado Filho; Santa Inês; São João do Caiuá e Tomazina.

PRESENÇAS – Participaram da solenidade o chefe da Casa Civil, Valdir Rossoni; o chefe da Casa Militar, coronel Adilson Castilho Casitas; o secretário executivo do Conselho De Desenvolvimento Territorial do Litoral do Paraná, Alfredo Parodi; o presidente da Associação Comercial, Industrial e Agropecuária de Pontal do Paraná, Gilberto Spinoza; o presidente da Sanepar, Mounir Chaowiche; os deputados estaduais Luiz Cláudio Romanelli, Alexandre Curi e Nelson Justus, e o prefeito de Guaratuba, Roberto Justus.

Plantão Policial

Plantão de Notícias

VERÃO PARANÁ

Temporada 2017 tem muita diversão, cultura e informação

Para mostrar o que está acontecendo durante a temporada, direto de um container montado à beira da Praia Brava de Caiobá, na Avenida Atlântica, 1000, a Rádio e Tv E-Paraná apresentam sua programação ao vivo. O jornal É-Paraná – 1ª Edição, apresentado por Barbara Passos, acontece de segunda a sexta-feira, das 11h50 às 12h10. Coladinho ao jornal, Giovanna Pereira, chega com o Boletim É-Esporte. Às 19h40 o jornal É-Paraná – 2ª Edição, apresentado pela jornalista Gizah Szewczak, também conta com entradas ao vivo do Litoral do Estado atualizando serviços e informações.

O É-Cultura, programa que apresenta um cenário cultural com novidades, destaques, curiosidades, além da conversa com artistas que agitam o cenário cultural do Paraná, também será apresentado ao vivo no dia 20 de janeiro, sexta-feira, às 13h.

A Rádio É-Paraná, nas sextas e sábados, também desce a serra e apresenta do Litoral o programa Distribuição Nacional. Aos sábados, o programa vai receber artistas acompanhados de boa música com bandas ao vivo.

DJ E POCKET SHOWS – Nas sextas-feiras a É-Paraná, em um espaço especial à beira mar, realiza a apresentação de DJs, e aos sábados, pocket shows, das 18h às 19h30. Se apresentam no dia 28 de janeiro Kid Vinil e o grupo Carne de Onça. No dia 04de fevereiro é a vez de Iria Braga e banda, dia 11 de fevereiro Felip Harp e banda e para encerrar dia 18 de fevereiro o grupo Mulamba. Nos dias 14 e 21 de janeiro, sábado, os djs voltam para animar o início da noite, das18h às 20h.

Desse espaço quem estiver no Litoral poderá conferir informações e serviços como balneabilidade, estradas, dicas, eventos e promoções.

Tudo isso acompanhado de perto pelo departamento de Mídias Digitais da É-Paraná que mostra toda essa movimentação com muita agilidade e criatividade.

LÚDICAS E EDUCATIVAS – O Detran também vai estar mais perto do veranista. Além da autarquia oferecer serviços de habilitação e veículos, esclarecer dúvidas, consultar processos, pontuação de CNH e realizar cadastros no sistema Detran Fácil, realiza outras ações de trânsito para educar e divertir. Em uma tenda armada na praia brava de Caiobá, de 13 de janeiro a 19 de fevereiro, acontecem as atividades lúdicas, jogos educativos de trânsito para crianças e adultos.

Das 14h às 18h, haverá atividades diárias, como tabuleiro gigante, atividades lúdicas e jogo da memória sobre sinalização de trânsito. Os servidores do Detran irão distribuir brindes para as crianças como mini multas, livros para colorir e jogo tabuleiro Transito Mais Seguro.

SE LIGA – Para alertar sobre os riscos da combinação entre álcool e direção o Detran realiza a abordagem do “Se liga no trânsito – Se beber não dirija” contará com apoio da Assessoria Especial de Juventude e vai alertar sobre os riscos da combinação entre álcool e direção. Assim o Detran vai percorrer os bares e restaurantes de Caiobá, Matinhos e Praia de Leste, de sexta-feira a domingo, das às 22h e 0h.

CULTURA E ESPORTE – A Secretaria do Estado da Cultura, todos os sábados, realiza apresentações culturais para as crianças, sempre às 17h.

A Secretaria de Estado do Esporte e do Turismo também realiza atividades recreativas e entretenimento durante o Verão Paraná 2017. Até 06 de fevereiro acontecem atividades recreativas e esportivas, de terça a domingo em Matinhos, Caiobá e Pontal do Paraná, Ipanema, além das equipes itinerantes que vão atender diversos balneários do Litoral.

A Secretaria promove também ações comunitárias sob coordenação técnica de equipe de outras Secretarias de Estado ou das prefeituras municipais. São informações turísticas, atividades ecológicas, educação ambiental e para o trânsito, apresentações culturais e muitas outras atividades.

WI-FI – A Companhia Paranaense de Energia (Copel) colocou à disposição, gratuitamente, 20 pontos de rede wi-fi nas orlas de Matinhos, Caiobá, Guaratuba e Praia de Leste, até final de fevereiro. Cada ponto tem conexão que abrange cerca de 300 metros.

Para ter acesso à rede é preciso conectar o laptop, celular ou tablet e procurar as redes sem fio disponíveis. Nas áreas de alcance aparecerá a opção CopelTelecom e, ao solicitar a conexão, o veranista será redirecionado para um pré-cadastro.

É necessário preencher um cadastro com nome, número do celular, endereço de e-mail e número do CPF. Cada usuário recebe um login e uma senha, enviados por e-mail e para o telefone celular, para ter acesso livre à rede. Desde que a conexão foi disponibilizada, no domingo (1º), a Copel já contabilizou mais de 1,8 mil usuários cadastrados.

DUCHAS ECOLÓGICAS – A Companhia de Saneamento do Paraná (Sanepar) está instalando 60 duchas para banho em pontos de maior movimento nas praias de Guaratuba, Matinhos e Pontal do Paraná. A chuveirada é gratuita e faz parte do projeto Chuá, que busca reduzir o consumo de água tratada e dar conforto aos banhistas.

Serão instalados chuveiros em 10 pontos: em Guaratuba, na Praia do Cristo, na Praia Central e em Caieiras; em Matinhos, na Praia Mansa, em frente ao Mapping, em frente à Casa do Camarão e em frente ao edifício Top Line. Em Pontal do Paraná, as duchas serão instaladas na entrada principal da Praia de Leste, na entrada principal de Ipanema e em frente ao posto dos bombeiros em Pontal do Sul. Em cada ponto, devem ser instalados de três a oito chuveiros, conforme a movimentação. Os chuveiros funcionarão diariamente das 9h às 19h.

O Verão Paraná 2017 conta com o apoio da Secretaria de Estado da Comunicação Social, do Instituto Ambiental do Paraná e do Instituto Águas Paraná.

Plantão de Notícias

A imagem pode conter: 1 pessoa, oceano, praia, filho, atividades ao ar livre e águaVERÃO PARANÁ

Boletim de balneabilidade aponta novos pontos impróprios para banho

O quarto boletim de balneabilidade da temporada, divulgado nesta sexta-feira (13) pelo Instituto Ambiental do Paraná (IAP), aponta que aumentou o número de pontos considerados impróprios para banho no litoral do estado. Ao todo, foram registrados 4 locais onde o banho não é indicado, além dos outros 10 que são considerados permanentemente impróprios.

“O aumento da concentração de bactérias Escherichia coli nesses locais já estava sendo apontado nos monitoramentos das semanas anteriores, mas ainda não ultrapassava os padrões estabelecidos pelo Conama (Conselho Nacional de Meio Ambiente), com as chuvas mais frequentes e constantes esse limite foi atingido. São locais onde já se imagina ter maior possibilidade de contaminação também pelo movimento de pessoas”, explica Sumaia Andraus, bioquímica do Instituto Ambiental do Paraná (IAP).

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas, oceano, céu, praia, atividades ao ar livre, água e naturezaLITORAL – De todos os 59 pontos que são monitorados semanalmente pelo órgão, quatro deles estão com índices de contaminação da água por esgoto sanitário clandestino, acima dos padrões estabelecidos pelo Conselho Nacional do Meio Ambiente (Conama). Esses locais estão em Guaratuba, 100 metros à esquerda do Morro do Cristo; em Morretes, no Rio Nhundiaquara, e na Ponta da Pita, em Antonina.

Além desses locais, o boletim também traz informações de outros 10 locais considerados permanentemente impróprios para banho, independentemente de época do ano. Esses locais estão destacados em letras maiúsculas nos boletins e em anos anteriores eram divulgados no rodapé dos Boletins.A imagem pode conter: uma ou mais pessoas, oceano, filho, atividades ao ar livre, natureza e água

Ao todo, os locais monitorados semanalmente na orla paranaense são 13 pontos em Guaratuba, 14 em Matinhos, 11 em Pontal do Paraná, seis na Ilha do Mel, três em Morretes e dois em Antonina. Foi também alterado o local de monitoramento de três pontos em Guaratuba – dois na Praia Central e um em Caieiras.

INTERIOR – O monitoramento feito na Costa Norte e Oeste do Estado mostra que todos os pontos monitorados, como na semana anterior, estão próprios para banho. A qualidade da água é avaliada em 17 pontos de praias artificiais e represas das costas Norte e Oeste do Estado.

A avaliação acontece nas cidades de Foz do Iguaçu, Santa Terezinha de Itaipu, São Miguel do Iguaçu, Itaipulândia, Missal, Santa Helena, Entre Rios do Oeste, Marechal Cândido Rondon e em Primeiro de Maio.

SINALIZAÇÃO – Como nos anos anteriores, o veranista pode se orientar com relação à balneabilidade seguindo a orientação das bandeiras na orla das praias, nos rios e nos reservatórios para indicar se os locais estão próprios ou impróprios para banho. A sinalização aponta a condição da água a 100 metros à direita e à esquerda de cada bandeira.

A cor vermelha indica que a água não é recomendada, enquanto que a azul demonstra que a região está própria para banho.A imagem pode conter: uma ou mais pessoas, oceano, céu, montanha, atividades ao ar livre, natureza e água

DIVULGAÇÃO – Os boletins são divulgados semanalmente, sempre às sextas-feiras, com dados do monitoramento dos pontos do Litoral e do Interior do Estado. Os boletins ficarão disponíveis no site do IAP (www.iap.pr.gov.br) e do Verão Paraná www.verao.pr.gov.br

MONITORAMENTO – O monitoramento feito pelo IAP durante toda a temporada possibilita verificar a contaminação da água por esgoto sanitário clandestino, de acordo com os padrões estabelecidos pelo Conselho Nacional do Meio Ambiente (Conama). O estudo avalia a possibilidade de uso da água para atividades de lazer de contato primário, ou seja, não indicada para consumo.

As amostras de água são coletadas do mar e dos rios nos dias e locais que registram maior fluxo de banhistas, onde há maior possibilidade de contaminação. Além disso, são coletadas amostras de pontos onde há maior probabilidade de contaminação, como saídas de galeria de águas pluviais e foz de rios no mar.Nenhum texto alternativo automático disponível.

Plantão de Notícias

VERÃO PARANÁ

Governador entrega obras que beneficiam 6 mil famílias do Litoral

O governador Beto Richa entregou nesta sexta-feira (13.01) a primeira etapa das obras de ampliação do sistema de esgoto sanitário dos municípios de Matinhos e Pontal do Paraná, no Litoral do Estado. Mais de 6 mil famílias são beneficiadas.

As obras integram um programa de investimento de R$ 250 milhões e que garantirá 25 mil novas ligações. É o maior programa de saneamento já realizado no Litoral. “Os investimentos são consistentes, um trabalho competente da Sanepar, que terá grande impacto na região”, afirmou o governador.

Junto com o presidente da Sanepar, Mounir Chaowiche, Richa vistoriou as obras de construção da estação elevatória de esgoto Beltrami, em Pontal do Paraná. Em Matinhos, eles visitaram a Cantina da Nena, imóvel que recebeu a ligação de esgoto número 6.000. A lanchonete funciona desde 1996 e só agora conta com rede de esgotamento sanitário. Araci Unfried, proprietária do imóvel, disse que a ligação do esgoto na rede, além de mais conforto e saúde, representa também economia no negócio. “Tínhamos de prever na nossa contabilidade o custo com o caminhão limpa fossa, que é alto. Agora a gente vai conseguir até melhorar o lucro”, disse ela.

ELEVAR ÍNDICES – O programa de investimentos da Sanepar no Litoral, de R$ 250 milhões, inclui a construção de 29 estações elevatórias de esgoto, 500 mil metros de rede coletora e 25 mil ligações de esgoto. As obras serão concluídas no fim de 2018. Nesta primeira fase foram investidos R$ 70 milhões. O governador ressaltou que, concluído o programa, a cobertura de saneamento de Matinhos vai pular de 52% para 85% da população, e a de Pontal vai triplicar, de 26% para 75%. No País, 40% do esgoto é tratado; na região Sul o índice é de 44%.

“O planejamento da Sanepar no Litoral tem dado muito certo. Saneamento é qualidade de vida e saúde. Muitos governantes não gostam de fazer este tipo de obra porque são enterradas, não aparecem, e os recursos são vultuosos”, disse Richa.

Ele lembrou que o programa de R$ 250 milhões conta com financiamento da Caixa Econômica Federal e do Banco de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE). “Um trabalho conjunto, que tem avançado e garantido importante desenvolvimento do nosso Litoral”, afirmou o governador.

Desde 2011, os investimentos da Sanepar no Litoral somam R$ 820 milhões. Richa disse que a empresa bate recordes de investimentos em todo o Paraná. No ranking Trata Brasil das 20 melhores cidades com água tratada, o Paraná comparece com quatro municípios: Curitiba, Londrina, Maringá e Ponta Grossa.

A imagem pode conter: 3 pessoas, atividades ao ar livreACIMA DA MÉDIA – O presidente da Sanepar, Mounir Chaowiche, ressaltou que a melhoria do saneamento se reflete na vida das pessoas e no meio ambiente. “Essa é uma preocupação central do governo”, disse. Nesta primeira etapa, segundo ele, estão sendo inaugurados 120 quilômetros de rede e 6 mil novas ligações. “As famílias deixarão de ter o problema de fossa no quintal, chamar caminhão periodicamente, com custos elevados. Ao final da obra teremos, em Matinhos e Pontal do Paraná, os melhores índices de saneamento do país, um índice de primeiro mundo”, afirmou. Desde 2011 os investimentos da Sanepar na ampliação do sistema de água e esgoto já somam R$ 820 milhões no Litoral.

PARCERIA – O BRDE buscou a parceria com a Caixa para o investimento, que inclui recursos do FGTS. “É uma obra que soma esforços do Governo Federal e do Governo do Paraná, para garantir coleta e tratamento de esgoto, tratamento e distribuição de água de qualidade”, disse o vice-presidente e diretor Administrativo do BRDE, Orlando Pessuti.

SEM ALAGAMENTOS – Os prefeitos de Pontal do Paraná, Marcos Fioravante, e de Matinhos, Ruy Hauer Reichert, comemoram o investimento. “Obra muito importante, que muda o nosso município para sempre, porque Matinhos é turístico. Tínhamos problemas com balneabilidade das águas e essa obra está solucionando”, disse Reichert. “Vai refletir, não só agora, mas por muitos e muitos anos. O Litoral do Paraná nunca mais será o que era há anos atrás”, afirmou. “Isso é muito importante também para a economia dos nossos municípios”.

Para Marcos Fioravante, a construção da estação elevatória é importante devido à característica do Litoral, de o lençol freático estar praticamente no mesmo nível do mar. “Causa problema em períodos de chuva. Ocorrem alagamentos, um transtorno para moradores e veranistas. Com essa obra o problema será solucionado, garantindo mais conforto para turistas e moradores, além de mais saúde”, disse ele.

Box 1

Praias limpas, duchas e cadeiras especiais no Verão Paraná


Na visita ao Litoral, o governador Beto Richa ressaltou que, além do investimento, a Sanepar está presente também na Operação Verão, compondo uma série de serviços do Governo do Estado no Litoral para garantir tranquilidade e conforto aos moradores e veranistas.

“As pessoas já percebem a limpeza do nosso Litoral e a qualidade da água das nossas praias. A limpeza das praias, o saneamento, somados à grande estrutura que trazemos de segurança pública, saúde e a sólida e estreita parceria com os municípios têm proporcionado, a cada ano, um incremento no número de veranistas, que ajudam a movimentar o comércio, divulgar as nossas praias e gerar emprego e renda à população”, afirmou o governador.

Na Operação Verão, a Sanepar instalou duchas ecológicas nas praias de Matinhos, Pontal do Paraná e Guaratuba e também faz a higienização das areias das praias. A higienização das praias é feita por máquinas saneadoras numa extensão de 60 quilômetros de faixa de areia.

A novidade deste ano é a oferta de cadeiras anfíbias, que não afundam, para pessoas com dificuldade de locomoção. O serviço é realizado em parceria com a Secretaria Estadual da Família e Desenvolvimento Social para que pessoas com deficiência ou com a mobilidade reduzida possam entrar no mar.

“Todo ano nós temos a Operação Verão, que é uma importante iniciativa do Governo do Estado”, disse Richa. Há um reforço na segurança pública, com mais policiais, viaturas, bombeiros. “Reforçamos também investimentos em saúde, não apenas de equipamentos e profissionais de estado, mas repasses de recursos às prefeituras para que possam ampliar as suas ações”, explicou. “As pessoas que escolham o nosso Litoral para ter um momento de descanso, descontração, encontram aqui um local apropriado, com segurança, conforto e tranquilidade. Temos batido um recorde no número de visitantes, a cada ano”.

Box 2

Curso de encanador para ligações corretas

A Sanepar oferta, gratuitamente, o curso de encanador, para quem quiser aprender a fazer a ligação corretamente e poder prestar o serviço para outros proprietários de imóveis. Já foram certificados 36 trabalhadores que concluíram o curso de qualificação em ligação intradomiciliar de esgoto, realizado pela Sanepar em parceria com Agência do Trabalhador e prefeituras de Matinhos e Pontal do Paraná.

Os profissionais estão habilitados a fazer a ligação de esgoto de maneira correta nos imóveis beneficiados pelas obras da Sanepar. Eles fazem parte de uma lista de profissionais a serem acionados para o serviço. A listagem ficará disponível nos escritórios da Sanepar e na Agência do Trabalhador.

Plantão de Notícias

TVSambaqui (http://sambaqui.tv.br) destaca

Abertura do XV Festival do Caranguejo, em Shangrí-lá, Pontal do Paraná, Litoral do Estado