Justiça

Hoje completam 4 anos da misteriosa morte da estudante Emanuelle Jackowiski, na época com apenas 17 anos

Fato ocorrido em 14 de junho de 2012, em Santa Terezinha, Pontal do Paraná litoral do estado continua sem solução. Entra delegado e sai delegado e as investigações continuam na estaca zero.


Enquanto o caso é mantido em segredo de Justiça, o criminoso ou criminosos continua a solta. Cerca de 100 pessoas foram ouvidas. Existe a suspeita que um político pode estar sendo investigado. Além da jovem estudante, outras 4 mulheres foram covardemente assassinadas na cidade praiana, em circunstancias misteriosas. Todos esses crime continuam sem solução. A última mulher foi encontrada morta em Pontal do Sul a cerca de 90 dias. Um matador em Série? Quem será a próxima vítima?

Operação Mar de Lama

Mar de Lama: Ex-Presidente Ladrão, ladrão é!!!

Xerifão da Guarda Municipal não passa de um ex-vereador ladrão do dinheiro público. Não existe secretário ladrão. Ladrão do dinheiro público é ladrão!

De acordo com ação civil pública movida pelo Ministério Público da Comarca de Pontal do Paraná, Nelson Mademar é acusado de falsificar licitação para superfaturar o Regimento Interno da Câmara Municipal, considerado o mais caro do mundo. Para se ter uma ideia, foram  pagas 4 licitações para revisar o regimento interno. Só que os serviços nunca fora realizados. Isso tem nome e sobrenome. Roubo do dinheiro público do povo de Pontal do Paraná.

O Xerifão da Guarda Municipal de Pontal do Paraná, além desse roubo, também, é acusado de contratar empresa de publicidade para desviar mais dinheiro público na Câmara Municipal, quando foi vereador e Presidente daquela egrégia Casa de Leis, fato registrado e ocorrido no biênio 2009/2010. Com a Palavra o Ministério Público da Comarca de Pontal do Paraná.

De acordo com a denúncia, a referida agencia de propaganda tinha como sócia uma funcionaria pública concursa crime previsto em lei. A bem da  verdade, a primeira denúncia contra a gestão fraudulenta de Nelson Mademar foi feita ao Ministério Público do Paraná pelos  ex-vereadores Marcos Casquinha, atual pré-candidato a prefeito, e Aramis Calixto, atual secretário de obras, e a ex-vereadora professora Laura. Ou é mentira?

A matéria também serve para dar testemunho politico para a população de Pontal do Paraná protagonizando pela cidadão pontalense  Marcos Casquinha. Ele honrou o os munícipes ao manter a denúncia em defesa dos cofres públicos do nosso município.

Já o mesmo não pode se dizer do atual  secretário  de Obras e ex-vereador Aramis Calixto que de forma inexplicável, desonrosa, desrespeitosa, vergonhosa, clamorosa e em detrimento dos cofres públicos municipal retirou seu nome da denúncia e virou testemunha a favor do roubo do dinheiro público na Câmara Municipal que, diga se de passagem, transformou-se naquela lamentável e vergonha gestão num verdadeiro antro de roubo do dinheiro público. Aliás, lembra da senha “acalixto”, aquela que serviu para baixar IPTU de alguns empresários na cidade e causou um rombo de mais de 10 milhões de reais, conforme ação civil 750/06?   Será que o prefeito Edgar Rossi sonha com a reeleição mantendo e nomeando secretários desse naipe? A nação inteira é contra a corrupção. Secretários corruptos, a cidade não merece. Acorda prefeito ou será tarde!!!  Para finalizar, tem um outro secretário, acima de toda e qualquer suspeita, que está sendo apelidado de “vintão”. Sabe por que? A Folha Pontal sabe e vai contar. Aguarde!!!

Folha Pontal nas eleições/2016

Ex- Presidente da Câmara Municipal acusado de corrupção por desviar dinheiro público está fora da disputa eleitoral e pode levar seu patrão junto

“Secretário ladrão do dinheiro público. Ladrão é ladrão”

Manter corrupto e acusado de pedofilia em cargo público pode custar a reeleição para alguns prefeitos no Paraná. Gleisi Hoffman, por exemplo, caiu em desgraça ao manter pedófilio a tiracolo no gabinete da Casa Civil. Um prefeito do litoral já teve o governo abalado por escândalo de pedofilia e poderá pagar um preço alto por manter outro suspeito em cargo público do 1º escalão.  Folha Pontal fará campanha de 45 dias contra a pedofilia na política local. Quem viver, verá!!!

Folha Pontal nas eleições/2016

Blog da mentira, da pedofilia e da corrupção só aumenta a rejeição da administração

Afinal, o povo  não aguenta mais pagar salário para político corrupto, acusado de pedofilia. Outubro vem ai…

1 milhão, 717 mil acessos é a marca do blog Folha Pontal- A Verdade Sem Medo -. “Credibilidade não se compra, conquista-se”

Folha Pontal nas eleições/2016

Não existe político pedófilo. “Pedófilio é pedófilo”

“Bandido nenhum no mundo perdoa político estuprador e pedófilo. A não ser ursinho peludo”.

Jornalista José Augusto. DRT 6471/PR.

Hoje é 13, dia “D” Santo Antônio, o santo casamenteiro

Hoje é dia de Santo Antônio, o santo casamenteiro

Em clima romântico, ouça “Coisas do Brasil” de Guilherme Arantes

Santo Antônio de Pádua

Santo Antônio de Pádua

Eis a oração: “Glorioso Santo Antônio que tivestes a sublime dita de abraçar e afagar o Menino Jesus, alcançai-me a graça que vos peço e vos imploro do fundo do meu coração (marido?, namorado?) Vós que tendes sido tão bondoso para com os pecadores, não olheis para os poucos méritos de quem vos implora, mas antes fazei valer o vosso grande prestígio junto a Deus para atender o meu insistente pedido. Amém”. Se é o seu caso, vai fundo…

A Música do Dia é Coisas do Brasil, de Guilherme Arantes.

Produção e apresentação – Luiz Cláudio Canuto

Prefeitura de Pontal do Paraná concluirá neste mês de junho a implantação das promoções e progressões dos servidores

Até o próximo dia 30, a prefeitura de Pontal do Paraná implantará os benefíciosaos servidores que deram entrada nos seus respectivos processos a partir de junho de 2015

A promoção e progressão salarial é um benefício concedido aos servidores efetivos por meio do Plano de Cargos Carreiras e Vencimentos, desde que cumpridos os requisitos constantes no mesmo.

“Graças as medidas administrativas tomadas pela Prefeitura de Pontal do Paraná durante o último ano, a implantação dos benefícios torna-se realidade”, comemorou o prefeito Edgar Rossi.

De acordo com o gestor, em 2015 foi feito um planejamento financeiro para poder fazer a implantação dosbenefícios. “Essa é uma reinvindicação dos servidores, e muito justa”, disse o prefeito.

Para implantar o benefício, a administração vem seguindo um calendário que teve início em 2015 e que se concluirá em 30 de junho. O secretário municipal de Administração, Paulo Ricardo Silva, faz um pedido aos servidores: “Se por acaso, algum servidor não encontrar seu nome e número de processo, ou então esse processo estiver com data diferente, pedimos que eles entrem em contato diretamente com a secretaria de Administração.”

“As implantações referentes a 2015contam com previsão específica na legislação orçamentária e decorrente de estudos técnicos e orçamentários realizados no ano de 2015. Não serão realizadas implementações a partir de julho, em virtude das proibições existentes em ano de eleição”, concluiu o prefeito.

 

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 5.173 outros seguidores