Informe Publicitário

Hoje é dia “D” Jeann & Julio em Shangrí-lá

Musica Universitária. “Isso Cê Num Conta”

 

Anúncios

Plantão de Notícias

Amanhã é dia “D” Negritude Junior nos 21 anos de Pontal do Paraná

A Banda fará o encerramento das festividades de aniversário.
Pode Chegar. Vem, vem: Olha Ela…”
É Só chegar!!!

Plantão de Notícias

A imagem pode conter: 9 pessoas, pessoas em pé, sapatos e área internaJustiça Eleitoral da Comarca de Matinhos diploma prefeito eleito de Pontal do Paraná

A imagem pode conter: 1 pessoaAlém do prefeito Marcos Casquinha foram diplomados, o vice Fábio Oliveira, vereadores, vereadoras e suplentes

A imagem pode conter: 1 pessoaForam diplomados na última sexta-feira, dia 16, no auditório do Fórum da Comarca de Matinhos,  os vereadores Oséias Leal (SD); Juvanete (SD); Osni Ceará (SD); Binho (PV); Polaco (PR); Sene (PSC); Marcos Rocha (PDT); Baiano (PSB) e as vereadoras Cleonice (PMB),  Nega Borges (PMDB) e Elinete (PHS). Nossa equipe especial de jornalismo não deixou escapar um só detalhe. O ato solene, comandado pelo Juiz Eleitoral Ricardo José Lopes,  contou com as presenças do Desembargador Josafá A. Lemes, Membro da Corte Eleitoral e Dr. Caio B. Arcangelo Marques do Ministério Público Eleitoral.A imagem pode conter: 4 pessoas, pessoas em pé

Gestão 2017-2020
Todos os direitos das fotos reservados.
Maraliz Lopes Fotografias Ⓜ
. Confira flashes da solenidade

A imagem pode conter: 11 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas sentadas

Plantão de Notícias

Pitoresco

A imagem pode conter: 1 pessoaNa lente de Maraliz Lopes, o prefeito diplomado Marcos Casquinha segura o Trevo da Sorte, encontrado na saída do Fórum de Matinhos, após a solenidade de diplomação. Sucesso, sempre!!!
Nossa equipe especial de jornalismo não deixou escapar um só detalhe. O ato solene comandado pelo Juiz Eleitoral Ricardo Jose Lopes contou as presenças do Desembargador Josafá A. Lemes Membro da Corte Eleitoral e Dr. Caio B. Arcangelo Marques do Ministério Público Eleitoral.

Plantão de Notícias

A imagem pode conter: céu, atividades ao ar livre e águaATENDIMENTO

Curso orienta barqueiros e outros profissionais que atuam na Ilha do Mel

A imagem pode conter: 1 pessoa, em pé e área internaPessoas que trabalham diretamente com os turistas que visitam a Ilha do Mel, no Litoral do Paraná, participam nesta semana de um curso provido pelo Governo do Estado e pela prefeitura de Pontal do Paraná. Cerca de 150 profissionais, entre donos de embarcações, marinheiros, comerciantes e donos de estacionamentos, assistiram às palestras.

As capacitações ocorreram nesta terça (13) e quarta-feira (14) na Câmara de Vereadores do município e haverá mais uma na quinta-feira (15). O curso inclui palestras da Secretaria Estadual de Infraestrutura e Logística, Prefeitura de Pontal do Paraná, Paraná Turismo e da Marinha do Brasil.

A Ilha do Mel é o segundo maior destino turístico do Paraná – fica atrás apenas de Foz do Iguaçu (Oeste). “A ideia é repassar informações às pessoas que trabalham diretamente com os turistas que chegam à Ilha do Mel e sobre como melhorar esse atendimento. Se o turista é bem atendido, ele retorna e traz outros familiares, amigos e colegas”, explicou o secretário de Infraestrutura e Logística, José Richa Filho.

A imagem pode conter: 1 pessoa, close-upAlém do atendimento aos turistas que fazem a travessia, foram debatidos temas como o uso de uniforme por pessoas que trabalham nas embarcações, higiene e cuidados com os barcos, além de questões de saúde, como o combate à dengue, zika e chikungunya.

Rodrigo Ribeiro, morador da Ilha do Mel, é marinheiro de táxi náutico há dois anos. “Esta é a primeira vez que participo de um curso deste tipo. Acho importante para melhorarmos nosso serviço e vou colocar em prática o que aprendi aqui. Precisamos ter um padrão de atendimento”, afirmou Ribeiro.

“Esses cursos são bons para nós e para os turistas. Antes a gente fazia tudo por nossa conta, acho importante o Estado e as prefeituras investirem nestas capacitações”, disse Asauri Santana da Silva, diretor de navegação.

Atualmente, cerca de 60 barcos grandes fazem a travessia de Pontal do Paraná para Ilha do Mel, além de 22 barcos de táxi náuticos, que levam um número menor de passageiros. Todos trabalham em sistema de cooperativas.

A imagem pode conter: 1 pessoa, em pé e águaCONVÊNIO – A capacitação faz parte das ações previstas no convênio assinado entre o Governo do Paraná e as prefeituras de Paranaguá e Pontal do Paraná, em 21 de novembro. O documento prevê a regulamentação dos terminais de embarque e o transporte de passageiros para a Ilha do Mel.

Nos próximos três anos, o governo estadual vai investir cerca de R$ 3 milhões em melhorias na infraestrutura dos terminais de embarque. Estão previstos investimentos nos trapiches de Pontal do Paraná e também de Brasília e Encantadas, na Ilha do Mel. Reformas e melhorias na sinalização vão garantir mais segurança e conforto para os turistas que irão passar a temporada de verão no Litoral.

A imagem pode conter: 1 pessoa, em péTRANSPORTES – Outra medida que vai beneficiar os visitantes será a regulamentação das empresas que prestam os serviços de travessia. Com a assinatura do convênio, o Governo do Paraná vai criar um cadastro para listar as empresas autorizadas e que atendam todos os requisitos legais para a atividade.

As empresas serão cadastradas em duas modalidades: embarcações para transporte de grande números de passageiros e táxis náuticos, que são de porte e com número reduzido de passageiros. A regulamentação de todos os prestadores de serviços deve ser concluída em seis meses.

PREFEITURAS – A partir da assinatura do convênio, as prefeituras de Paranaguá e Pontal do Paraná assumem a responsabilidade de organizar e fiscalizar todo o esquema operacional da travessia, estabelecendo horários fixos para a entrada e a saída de embarcações.

Também serão de responsabilidade das administrações municipais investir recursos na implantação de postos de informações nos terminais e na modernização do sistema de venda de bilhetes de passagem, garantido o controle do número de visitantes e acesso à Ilha do Mel.

A imagem pode conter: 7 pessoas, pessoas sentadas e pessoas em péPLANO HIDROVIÁRIO – A regulamentação do transporte aquaviário no Litoral paranaense é resultado da elaboração do “Plano Hidroviário – Levantamento das Potencialidades das Hidrovias do Estado do Paraná”, elaborado pela Secretaria Infraestrutura e Logística, juntamente com a Fundação de Amparo à Pesquisa e Extensão Universitária (Fapeu).
Pessoas que trabalham diretamente com os turistas que visitam a Ilha do Mel, no Litoral do Paraná, participam nesta semana de um curso provido pelo Governo do Estado e pela prefeitura de Pontal do Paraná. Cerca de 150 profissionais, entre donos de embarcações, marinheiros, comerciantes e donos de estacionamentos, assistiram às palestras. Pontal do Paraná, 14/12/2016.Foto: Divulgação SeilA imagem pode conter: 6 pessoas, pessoas em pé e área interna

14 de Dezembro: Dia Nacional do Ministério Público

MPPR

NESTA SEMANA – MP-PR realiza Encontro Estadual

Encontro EstadualCom o tema “MP Resolutivo”, será realizado nesta quinta e sexta-feira, dias 15 e 16 de dezembro, em Curitiba, o Encontro Estadual do Ministério Público. Voltado aos integrantes do MP-PR, o evento tem como foco a construção de um modelo de atuação institucional destinado a garantir maior efetividade aos direitos dos cidadãos e à defesa da sociedade, sobretudo diante da grave ameaça de retrocesso decorrente da atual conjuntura política do país, em que se pretende calar e inibir a atuação do Ministério Público nacional, em prejuízo da coletividade.

Ressaltando a importância do encontro, o procurador-geral de Justiça destaca: “o momento é de preocupação e perplexidade diante dos últimos acontecimentos, que traduzem a indisfarçável retaliação ao Ministério Público e ao Poder Judiciário. O objetivo do evento, destinado à formulação de um modelo mais eficaz e resolutivo de atuação institucional, sofre as injunções de um quadro político antidemocrático que pretende sepultar os avanços institucionais alcançados desde a Constituição Federal de 1988. Daí a importância de nos reunirmos, debatermos e nos fortalecermos, na salvaguarda do que nos é mais caro: a defesa dos direitos dos cidadãos e da sociedade”.

Participação – O encontro terá como convidados os conselheiros Orlando Rochadel Moreira e Fábio George Cruz da Nóbrega, do Conselho Nacional do Ministério Público, bem como o procurador-geral de Justiça do Ministério Público do Rio Grande do Sul, Marcelo Lemos Dornelles.

Exposições, discussões e debates – As atividades do “Encontro Estadual – MP Resolutivo” serão desenvolvidas durante todo o dia 16 de dezembro (sexta-feira), das 8h30 às 18 horas, no auditório do edifício-sede da instituição, em Curitiba. A programação será aberta às 8h30 pelo procurador-geral de Justiça, Ivonei Sfoggia, ocasião em que serão lançados o Selo Comemorativo aos 125 anos do Ministério Público do Paraná e a quinta edição da Revista Jurídica do MP-PR. Na sequência, será proferida a palestra “O Ministério Público que faz parte da solução”, pelo conselheiro do CNMP Orlando Rochadel Moreira, seguida do painel “Construindo um Ministério Público mais Resolutivo”, com a participação de Marcelo Lemos Dornelles, procurador-geral de Justiça do MP do Rio Grande do Sul, e de Fábio George Cruz da Nóbrega, conselheiro do CNMP.

A programação, no período, da tarde seguirá com a mesa “MP-PR Resolutivo – Uma construção coletiva”, que contará com a participação do procurador-geral de Justiça, Ivonei Sfoggia, do corregedor-geral, Arion Rolim Pereira e dos subprocuradores-gerais de Justiça para Assuntos Jurídicos e de Planejamento Institucional, Eliezer Gomes da Silva e Marcos Bittencourt Fowler, respectivamente. Na sequência, haverá discussão de propostas para o MP-PR Resolutivo, quando serão apresentadas, para amplo debate, as proposições elaboradas pelo Grupo de Trabalho (GT) específico, formado por representantes dos Grupos de Estudos de todas as regiões do Estado, dos Centros de Apoio Operacional, Órgãos e Setores da Administração. Este Grupo esteve reunido nos dias 29 e 30 de novembro, discutindo o tema, bem como as sugestões encaminhadas por e-mail pelos integrantes da instituição. Um documento reunindo as propostas, acompanhado de material de apoio, será encaminhado nos próximos dias, por e-mail, aos membros do MP-PR. O intuito é possibilitar que todos tenham prévio conhecimento das proposições, para a realização dos debates.

Dia Nacional do Ministério Público – As atividades culturais em comemoração ao Dia Nacional do Ministério Público serão realizadas na noite do dia 15 de dezembro (quinta-feira), a partir das 19 horas, na sede da Associação Paranaense do Ministério Público (APMP), em Curitiba. Na ocasião, serão realizados a premiação dos vencedores do Concurso Cultural 14 de Dezembro, o lançamento do caderno e do calendário institucionais de 2017, homenagem aos integrantes do MP-PR que se aposentaram em 2016 e o lançamento do livro “História do Ministério Público do Paraná”, de autoria do procurador de Justiça aposentado Rui Cavallin Pinto, além de apresentação musical e confraternização.

Realização e patrocínio – O Encontro Estadual é promovido pela Procuradoria-Geral de Justiça, por meio do Centro de Estudos e Aperfeiçoamento Funcional (Ceaf) e integra as comemorações alusivas ao Dia Nacional do Ministério Público. A iniciativa conta com patrocínio da Caixa Econômica Federal e da Itaipu Binacional, com apoio da Fundação Escola do Ministério Público (Fempar), da Cooperativa de Crédito Sicredi-Credjuris, da Associação Paranaense do Ministério Público (APMP) e da Associação dos Servidores do Ministério Público do Paraná.

NOTA

Entidades atacam condenação do jornalista Celso Nascimento a 9 meses de prisão

jornalista Celso Nascimento – Reprodução

jornalista Celso Nascimento – Reprodução

A Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão (Abert), a Associação Nacional de Editores de Revistas (ANER) e a Associação Nacional dos Jornais divulgaram nota conjunta nesta terça-feira, 13, em que consideram “um grave equívoco” a condenação do jornalista Celso Nascimento, colunista do jornal Gazeta do Povo, a 9 meses e 10 dias de prisão. A decisão foi proferida pelo juiz Plínio Augusto Penteado de Carvalho, da 13ª Vara Criminal de Curitiba (PR).

Nascimento foi condenado por publicar reportagem em que denuncia o atraso na emissão do parecer do processo sobre o edital para a construção do metrô de Curitiba. No texto, o jornalista apontou como razão do atraso um possível vínculo do relator do processo, o conselheiro Ivan Bonilha, com o governador Beto Richa.

Como Nascimento tem mais de 70 anos, a pena foi convertida para multa de 10 salários mínimos e suspensão dos direitos políticos do jornalista. “As associações consideram a atual decisão judicial um ataque à liberdade de expressão e ao livre exercício do jornalismo e esperam que a Justiça reforme a sentença”, diz a nota.

Esta não é a primeira vez que a Gazeta do Povo é alvo de decisões que atentam contra a liberdade de imprensa neste ano. Cinco profissionais do jornal foram alvos de mais de 45 ações judiciais movidas por juízes e promotores do Estado após publicarem uma série de reportagens. Com base em dados públicos, eles revelaram que, graças a gratificações, magistrados e membros do Ministério Público tinham rendimentos médios que superavam o teto constitucional do funcionalismo público, de mais de R$ 30 mil. No início de julho, ministra do Supremo Tribunal Federal (STF), Rosa Weber, suspendeu todas as ações e audiências referentes ao caso. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

 

Fonte: Estadão/ Contéudo

 

 

Plantão Policial

Jornal TVSambaqui

Apesar da censura da Justiça da Comarca, digna dos tempos da ditadura…

…leitor do blog Folha Pontal, o mais atingido com a medida,  mantém a elevada marca de 1 Milhão e 800 mil acessos, rumo aos 2 milhões de visualizações.

Obrigado Leitor

Resultado de imagem para censura ao blog