Autor Arquivo: folhapontaldoparana

Quadrilha do concreto age em Pontal do Paraná sem deixar rastro

Pelo menos 5 obras foram visitadas pelos  larápios no último final de semana em diversos balneários

 A suspeita é que receptadores estejam adquirindo os objetos furtados. A polícia investiga a “gangue do cimento”

Com o crescimento do setor da construção e o aumento do número de empreendimentos em execução no município, os furtos e roubos nos canteiros começam a dar dor de cabeça aos construtores. Dependendo do porte da obra, os ladrões podem levar ferramentas, portões, esquadrias, fios e cabos elétricos, ferragens, painéis de elevadores e até retroescavadeiras e pás-carregadeiras!

Um dos canteiros da construtora onde trabalha o engenheiro Giovany Luz foi invadido recentemente. “No último mês de novembro, fomos furtados em uma de nossas obras. Roubaram cabos, fios, marteletes, furadeiras, lixadeiras, serras-mármores e quadros de comando”, conta. Além das ferramentas, bombas submersíveis, geradores e equipamentos de ar-condicionado também são bastante visados pelos ladrões.

Uma construtora adotou um sistema de alarme monitorado e cerca elétrica. “A utilização de equipamentos de segurança eletrônicos não tem custo alto. Pagamos R$ 300,00 por mês para a empresa contratada, que fornece os alarmes durante o período de execução da obra. Além disso, continuamos a manter vigias da própria empresa”, diz um construtor que não quer ser identificado.

FOLHA SOCIAL

Níver

A  aniversariante desta quinta-feira, dia 21, é dona de uma beleza estonteante, além de super sedutora. Ela é Renata Donato (foto), a tia da Júlia, celebrando mais um aninho de vida.  Para comemorar a data festiva, em alto estilo, viajou a solo catarinense. Por isso,  recebe os parabéns do namorado, dos pais, irmãos, demais familiares, amigos e da turma aqui da casa. Felicidades, Rê!!

NOTA

Nota Oficial Jose Baka Filho

Vemos com normalidade e tranquilidade o indeferimento provisório do registro, pois durante o julgamento ficou claro que existem divergências entre a interpretação do Tribunal Regional Eleitoral do Paraná (TRE-PR) e os novos posicionamentos do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). E por conta disso, a assessoria jurídica do candidato José Baka Filho irá recorrer ao TSE para manter seu direito e disputar as eleições de 2014. Há jurisprudência de outros tribunais eleitorais com precedentes favoráveis que confirmam a manutenção do registro de candidatura. Nossa campanha segue normalmente. Reforçamos o compromisso de José Baka com a transparência e o bom andamento das eleições. Vamos provar que isso não passa de perseguição política. O próximo julgamento deve ocorrer em breve e temos a confiança de que confirmará o que já vem sendo decidido pelo TSE, em casos semelhantes ao de Baka.

O Povo Reclama

INFORME PUBLICITÁRIO

oficio 189/14 Revoga SUSPENSÃO DOS Serviços SAMU 192 pelo adimplemento dos débitos – restabelecimento/regularidade para Guaraqueçaba

OFÍCIO n.º 189/2014 CISLIPA

Paranaguá, 19 de agosto de 2014.

 

Para: Lilian Ramos Narloch

Rua Major Domingos Nascimento, 46 – Cx. Postal 31, CEP 83.260-000

GUARAQUEÇABA – PARANÁ.

 

Referente: Revogação SUSPENSÃO Serviços SAMU 192 pelo adimplemento dos débitos – restabelecimento/regularidade.

 

Excelentíssima Senhora Prefeita

 

O CISLIPA, Consórcio Intermunicipal de Saúde do Litoral do Paraná, associação de direito público, inscrita no CNPJ sob nº 13.681.884/0001-39, com sub-sede administrativa no endereço, Rua Noêmio Gabriel Simas, 138 – Balneário de Praia de Leste – Pontal do Paraná, representada por seu Presidente Sr. Edgar Rossi, vem respeitosamente COMUNICAR a Vossa Senhoria, que na data de 18 de agosto de 2014 foi verificado o pagamento das pendências pecuniárias referentes ao reparcelamento das parcelas do exercício 2013, assim como, de 04 parcelas referentes ao contrato de rateio 2014 deste Município.

Desta forma, mesmo sem o recebimento do recurso requerendo a revogação da penalidade frente ao pagamento dos débitos, por decisão da presidência e pelo excepcional interesse público, o CISLIPA REVOGA a suspensão dos serviços do SAMU 192 a este Município, havendo sido colocado em suspensão as 8:00 h do dia 18 de agosto de 2014 e restabelecido às 17:30 min do mesmo dia.

Atenciosamente.

Edgar Rossi

PRESIDENTE

COMUNICADO

COMUNICADO A POPULAÇÃO DO LITORAL DO PARANÁ

RESTABELECIMENTO DOS SERVIÇOS DE ATENDIMENTO MÓVEL DE URGÊNCIA – SAMU 192 NO MUNICÍPIO DE GUARAQUEÇABA 

O CISLIPA – Consórcio Intermunicipal de Saúde do Litoral do Paraná, através de sua Diretoria Executiva, COMUNICA a população local do Município Guaraqueçaba, que os Serviços de Atendimento Móvel de Urgência SAMU – 192, FOI RESTABELECIDO, sendo REVOGADA A MEDIDA DE PENALIDADE DE SUSPENSÃO DOS SERVIÇOS PELO PAGAMENTO DAS PENDÊNCIAS NAS DATAS DE 11/08/2014 – parcelas 1 – 2 – 3 e 4 de 2014, e em 18/08/2014 as parcelas pendentes de 2013.

 

Paranaguá, 19 de agosto de 2014.

 

Edgar Rossi

Presidente

COMUNICADO A IMPRENSA 

O CISLIPA – O CISLIPA – Consórcio Intermunicipal de Saúde do Litoral do Paraná, através de sua Diretoria Executiva, COMUNICA a rede de comunicação do Litoral do Paraná, que os serviços de atendimento móvel de urgência SAMU 192 foi RESTABELECIDO ao Município de Guaraqueçaba na data de 18/08/2014 às 17:30 min. A Decisão pelo Presidente foi determinada após verificação da Diretoria de Contabilidade do pagamento pelo Município de Guaraqueçaba, na data de 11/08/2014 das parcelas referentes à jan/fev/mar/abril de 2014 e na data de 18/08/2014 o pagamento integral do reparcelamento de 2013, estando assim, com a situação regular perante o CISLIPA. O Município ainda não postulou recurso para revogação da medida de suspensão, porém, pelo excepcional interesse público e pela tomada de medidas pela adimplência junto ao CISLIPA, a presidência decidiu pelo imediato restabelecimento dos serviços do SAMU 192 à Guaraqueçaba. O Município de Guaraqueçaba tomou ciência da Notificação Extrajudicial que comunicava a suspensão dos serviços na data de 15/08/2014, sendo suspensos os serviços às 8:00 do dia 18/08/2014 e RESTABELECIDO as 17:30 min do mesmo dia.

 

 

Paranaguá, 19 de agosto de 2014.

 

 

EDGAR ROSSI

PRESIDENTE

Pontal do Paraná, Litoral do Estado, sediará Encontro da Articulação Nacional das Pescadoras (ANP). O evento acontece entre os dias 26 e 29 de agosto

No Paraná, pescadoras de todo Brasil debaterão junto ao Estado direitos previdenciários e saúde de qualidade 

No Encontro da Articulação Nacional das Pescadoras (ANP), serão levantadas as temáticas das doenças ocupacionais e como garantir os direitos previdenciários desses grupos tão importantes para a segurança alimentar do brasileiro

Pensar perspectivas para trabalhar os problemas da saúde da mulher pescadora artesanal, no que tange as doenças ocupacionais, e em como garantir seus direitos previdenciários junto ao Estado brasileiro são alguns dos temas do Encontro Nacional da Articulação Nacional das Pescadoras (ANP). O evento, que é realizado pela quarta vez, acontece entre os dias 26 e 29 de agosto, em Pontal do Paraná/PR, e irá reunir cerca de 100 pescadoras de todo Brasil, organizações e representantes dos Ministérios da Saúde, do Meio Ambiente e da Pesca.

As pescadoras e marisqueiras de todo país são responsáveis por colocar na mesa dos brasileiros alimentos de qualidade, no entanto, vivem em situações de vulnerabilidade no exercício do trabalho e não possuem o devido reconhecimento do Estado. A grande exposição aos raios solares, as longas jornadas de trabalho, o contato com águas poluídas, ocasionado principalmente pelas indústrias, são alguns dos motivos que acarretam problemas de saúde nesses grupos.

Diante dessa conjuntura, a ANP vem trabalhando no intuito de levantar as doenças e os acidentes que acometem as mulheres pescadoras para, a partir disso, assegurar seus direitos previdenciários e a melhoria da saúde no seu dia a dia. Entram também nessas questões, a relação com Sistema único de Saúde (SUS) e as barreiras que elas encontram nesse meio.  Dessa forma, o Encontro Nacional da ANP aparece como instrumento para aprofundar essa temática e traçar estratégias de enfrentamento dessas questões. Nele, pretende-se pressionar o Estado para garantir que as inseguranças das pescadoras e marisqueiras sejam superadas, reivindicando o reconhecimento das doenças e dos acidentes de trabalho, a garantia do acesso aos benefícios previdenciários e o atendimento de qualidade no SUS. Além disso, será pensando e solicitado junto ao governo o desenvolvimento de instrumentos e materiais preventivos para um trabalho mais seguro na pesca e na mariscagem.

O Encontro abordará ainda a trajetória de luta da ANP ao longo dos últimos nove anos, e sua estruturação enquanto articulação a nível nacional. Esse será um importante momento para discutir o papel da mulher pescadora na sociedade e reconhecer sua importância para o povo brasileiro, mostrando a necessidade urgente de se garantir seus direitos enquanto trabalhadoras e mulheres.

Tráfico humano e trabalho escravo entre os debates 

O Encontro Nacional da ANP desse ano também debaterá as questões do tráfico humano e do trabalho escravo, estreitamente relacionados ao mundo da pesca. Em muitas comunidades pesqueiras, percebe-se o aliciamento de jovens por estrangeiros que os transforma em mercadoria. Além disso, existem diversas denuncias de pescadores escravizados pelo mercado da pesca Industrial. A ANP também luta para que os direitos humanos das comunidades pesqueiras sejam respeitados, por isso, acredita ser essencial debater e enfrentar essas questões.


Arméle Dornelas
Assessoria de comunicação do Encontro Nacional da Articulação das Pescadoras (ANP)
(81) 99079717

Assessoria de comunicação 
Conselho Pastoral dos Pescadores – Nacional 
 
“O pescador que não tem território não tem história, e sem história a gente não pode viver” – Iranyr dos Santos, pescadora artesanal de Remanso/Bahia. 

FOLHA SOCIAL

Em alto estilo, Dr. Cristian Moraes, celebra mais um ano de vida nesta-terça-feira, dia 19. Ele é advogado e professor universitário, tendo ocupado também o cargo de Procurador Geral da Câmara Municipal e Prefeitura de  Pontal do Paraná. Neste dia festivo, recebe os parabéns dos pais, da noiva, demais familiares, colegas de profissão, amigos e da turma aqui da casa. Como há  5 anos devo um jantar a ele na Velha Napolitana, minha parte no bolo fica dispensada (rs). Felicidades e sucesso sempre, Drº!!!

LEILÃO JUDICIAL

QUINTA-FEIRA, DIA 21, TEM A 2ª PRAÇA, EM MATINHOS

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 3.794 outros seguidores